Quando usar “a” e “an”? Agora vai, bye bye vergonha!

Quando usar A ou An

Olá, tudo bem com você? Seja bem-vindo a mais um blog aqui da Eu Soul English – Inglês Intensivo com aulas todos os dias para você e com certeza algum curso vai atender e ajudar em seus estudos.

Hoje eu quero conversar com você sobre uma dica gramatical simples mais que causa muita confusão: quando usar o artigo “an” e o “a”? Sim parece simples, na verdade até é, entretanto, algumas regras devem ser seguidas.

Aí você pode perguntar:

Poxa se é simples porque tanta enrolação pra explicar?

Aí eu te respondo jovem Padawan…, embora seja simples não é tão fácil assim, isso acontece devido ao nosso sistema vocálico (conjunto de garganta, língua, cordas vocais etc.) e ainda a prática auditiva, que é um pouco diferente das pessoas nativas do idioma Inglês ou de pessoas que já passaram por uma certa vivência ou maior prática no idioma da tia Bethinha, vulgo Rainha Elizabeth, não possuem tal dúvida! Acho eu…

Vamos lá, o que que significa?

“A” e “an” na verdade é quando você quer colocar “um” ou “uma” antes de um substantivo ou algo que o valha, por exemplo uma maçã, uma caneta ou um carro. A nossa maneira de utilizar no português os artigos é diferente.

A nossa principal diferença é a preocupação da flexão de gênero ou de quantidade e não na forma como falamos as palavras e esta é a principal causa de tanta confusão. A língua inglesa tem uma questão diferente da nossa, e aqui no caso, são as pronuncias das palavras, mas calma que eu chego lá.

Na internet você encontra várias pessoas explicando sobre o assunto, mas cuidado! Algumas pessoas explicam parte da questão, atenção no que virá a seguir.

Regra que funciona para 90 % dos casos, mas não 100% – e eu quero que você seja 100%!

Uma regra que eles ensinam por aí, entretanto não está 100% correta, e isso causa muita dificuldade em utilizar os artigos tema deste blog, e a regra é bem simples:

Simples mas nem tanto, em busca dos 100%

Quando ver uma palavra que inicia ou com vogal ou consoante, simplesmente essa regra ajuda em quase 90% das vezes, entretanto não é 100% e eu vou explicar o porquê:

A regra simples é quando uma palavra inicia-se com uma vogal (a, e, i, o, u), deve-se colocar o “an” antes, quase assim, coloque uma consoante para não ter briga entre as vogais. Parece brincadeira, não é?

Mas a “brincadeira” vai ajudar você a utilizar corretamente o artigo em 100 % dos casos…, mas calma, que eu chego lá! Olha um exemplo bem simples:

Exemplo
Do you have a car?
Bem simples: vogal “a” / consoante “c” / vogal “a”

Agora quando a palavra começar com uma vogal, você colocaria o “an” simples assim, veja o exemplo:
I live in an apartment
Simples de novo: vogal “a” / consoante “n” / vogal “a”

Entendeu, simplicidade que eu gosto, não é? Agora vamos as regras completas, para você ter 100 % de acerto ao usar estes artigos.

100% que fazem a diferença, a treta entre as vogais:

Parece simples né, mas aí começa a complicar! No Brasil, na verdade nos países que falam o português tem uma linha bem cartesiana de quando utilizar os artigos, mas o que seria cartesiano?

É quando você lê, vê a palavra, “car” ou “apartment” tende a colocar o artigo direto, colocar o artigo correto sem falar. Eu acredito que seria bem simples assim, mas não acontece!

No português é bem simples a utilização dos artigos, pois só temos que atentar ao gênero da palavra e a quantidade dela, o que não acontece no inglês.

Entretanto existe sim uma regra e não é de como a palavra “escrita começa”, ou melhor não é de como a grafia de uma palavra começa, mas sim o SOM que ela começa e aí vem a confusão e a atenção da regrinha besta da briga das consoantes.

A atenção ao som toda vez que nós pronunciamos uma palavra em inglês.

Temos que prestar muita atenção no som da primeira sílaba, pois é isso que vai determinar se utilizará o “a” ou “an”.

Lembra da regrinha a briga das vogais, a briga é no som das vogais, isso mesmo! Para facilitar e não criar uma confusão na pronúncia foi inserido uma consoante “n” para distinguir o som das palavras, caso sempre fosse o “a” e não existisse o “an” olha que estranho para falar:

Exemplo “que está errado viu!”:,

I live in a apartment

Ficaria aaaaaaapartament… muito estranho

Então qual o foco para falar e usar a regrinha sem erros é prestar atenção ao som das palavras, mas você pode perguntar, então o que muda?

A verdadeira dificuldade esta aqui!

Nem todas as palavras em inglês tem o som da grafia… ahaaaa! Muito parecido com as palavras no português que começam com a letra “h”, (como hoje, homem, hora, etc). Este som de “h” não é pronunciado, pelo menos no português moderno.

É este tipo de atenção que devemos ter ao pronunciar as palavras em inglês, algumas palavras se escreve com vogal mas possuem o som de consoante, algumas palavras com a letra “u” tem o som da letra “y” e ai deve ser utilizado o a, veja os exemplos:

A University , tem o som de “iu” = “y”

A uniform, tem o som de “iu” = “y”

E outras que são o contrário, elas escrevem com consoante e possuem som de vogal, veja o exemplo:
An honourable child, o “h” não tem som… logo fala se o “o”.

A regra da briga das vogais:

Então ficou mais claro a regra da briga das vogais, quem mete a colher é somente a consoante? Nossa essa foi péssima! A minha vergonha é para tornar o seu aprendizado certo e mais legal.

Então deve-se praticar muito o como falar e a pronúncia das palavras, isso só vai acontecer se você praticar cada vez mais e mais. Vou colocar aqui um site com as pronuncias das palavras. Ele é bem legal e as pronuncias lá estão corretas, dá para confiar! É o howjsay, segue o link aqui.

Pensando nisso, por que não ter aulas todos os dias, tendo absoluta certeza de que você irá encontra um curso que se adequa as suas necessidades e nível de inglês? Dá uma olhadinha em nossos cursos, é só clicar aqui!

Fico por aqui e até breve para mais uma dica! Bons estudos.

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Fale conosco agora!